Beleza limpa: Como se livrar de cosméticos tóxicos para o cabelo e para o planeta?

Beleza limpa: Como se livrar de cosméticos tóxicos para o cabelo e para o planeta?

Em face de demandas cada vez mais conscientes dos consumidores, marcas já nascem engajadas em práticas sustentáveis de ponta a ponta da cadeia produtiva

O que você leva em consideração ao escolher um produto para o seu cabelo? De acordo com a pesquisa feita para o Relatório Mintel Tendências em Ingredientes de Beleza e Cuidados Pessoais – Brasil, 2021, 56% dos consumidores brasileiros afirmam que estão prestando mais atenção aos ingredientes usados em produtos de beleza e cuidados pessoais durante a pandemia. Diante de novas demandas dos consumidores, conceitos como beleza limpa (clean beauty) chegam para fortalecer essa transformação no consumo. A pesquisa também revelou que 39% destes consumidores definiram produtos clean beauty como aqueles isentos de certos ingredientes, como parabenos e sulfatos. 

Nesse contexto, destacam-se as marcas que já nascem engajadas em práticas sustentáveis, como a JustForYou, primeira e maior beauty tech de cosméticos personalizados para cabelos da América Latina. "Nós combinamos tecnologia e inovação para oferecer soluções personalizadas aos nossos clientes, refletindo sempre a preocupação com a saúde humana e proteção do meio ambiente. Por isso, nossas fórmulas são limpas, cruelty free, 100% sem parabenos e sulfatos e, também sem silicones insolúveis, petrolatos e corantes artificiais", destaca Alex Eduardo, Diretor de P&D e fundador da JustForYou.

Beleza limpa nada mais é do que um estilo de vida que, além de rejeitar o que é tóxico para a saúde e para o planeta, está atrelado à defesa da beleza natural e ao consumo consciente. Para produzir fórmulas limpas, segundo Alex Eduardo, é preciso cuidar de toda a cadeia que envolve desde a produção daquele cosmético, com a valorização de ingredientes naturais, até o seu descarte após o uso pelo consumidor.

"Nossas embalagens são 100% recicláveis e nossos frascos são produzidos a partir de material já reciclado. Temos como premissa cuidar não só de cada pessoa e dos seus cabelos, mas do mundo ao nosso redor. E por isso, destinamos recursos para a reciclagem de 100% do mesmo material que colocamos no mercado", explica.

O cuidado com as embalagens recicláveis é tão representativo que, ainda de acordo com o Relatório Mintel, 69% dos brasileiros que trabalham em regime de trabalho remoto consideram uma marca ou produto de beleza sustentável quando utilizam embalagens ecológicas. A pesquisa também indica como os consumidores estão cada vez mais conscientes em relação ao consumo de plástico, já que 51% deles relataram que reduziram o desperdício de embalagens de forma ativa e 46% reciclam embalagens de produtos de beleza e cuidados pessoais. 

Green Beauty e Blue Beauty

Mas não é só isso. Beleza limpa está diretamente ligada aos conceitos de Beleza Verde (Green Beauty) e Beleza Azul (Blue Beauty), que se traduzem, respectivamente, na utilização de insumos naturais com transparência da cadeia produtiva e na redução dos impactos à rede hídrica. E como essas práticas de ESG estão no DNA da JustForYou, cada fórmula é criada sob demanda, já que são únicas para atender as necessidades de cada pessoa.  

"Nossos clientes recebem uma fórmula fresh-made, produzida pouco antes de ser utilizada, como um produto "fresquinho", comprado na feira. É algo totalmente diferente do que acontece com produtos "de prateleira", que ficam ali esperando por meses até serem utilizados, e que levam grande quantidade de água e uma boa dose de ingredientes químicos nocivos aos oceanos por isso", explica Alex Eduardo. 

Além disso, inspirada no conceito natureza first, que ao pé da letra significa 'natureza primeiro', a JustForYou sempre prioriza o uso de ingredientes naturais. "Investimos pesado em Pesquisa e Desenvolvimento, escolhendo de forma consciente cada ingrediente para milhares de misturas possíveis. Para chegar até aqui, pesquisamos no mundo todo e soubemos valorizar matérias-primas nacionais, como o amido de tapioca, óleo de girassol, manteiga de manga, extrato de gengibre, proteína de trigo e óleo de linhaça, entre outros". 

 

}

Comentários ()