Com novos lançamentos, Mustela expande sua posição no mercado brasileiro

Com novos lançamentos, Mustela expande sua posição no mercado brasileiro

Mercado brasileiro de produtos de higiene e cosméticos para crianças saltou de R$ 3,6 bilhões para R$ 5,7 bilhões nos últimos cinco anos. Mustela está presente em oito mil PDV's e segue em ritmo de expansão

A Mustella, marca de dermocosméticos infantis do laboratório francês Expanscience, tem no Brasil um dos seus ponto focais de investimentos ao redor do mundo.

Com receita anual de 267 milhões de euros e 70 anos de história, a companhia, que é líder no mercado de produtos dermocosméticos infantis na França, Itália, Espanha e Bélgica, já gera mais de 70% das suas receitas fora da França e tem centrado sua expansão em países da Ásia, nos Estados Unidos e aqui no Brasil. De acordo com dados da Abihpec, o mercado brasileiro de produtos cosméticos infantis saltou de R$ 3,6 bilhões para R$ 5,7 bilhões nos últimos cinco anos. Já o mercado de dermocosméticos por aqui, de acordo com dados da IQVIA, gerou R$ 4,1 bilhões em vendas anuais, considerando o ano móvel encerrado em março de 2020.

A empresa inaugurou uma operação própria no Brasil há sete anos e vem dobrando de tamanho no País há cada dois, com a ampliação do seu canal de vendas e a introdução de novos produtos no seu portfólio. Atualmente, a filial brasileira ocupa a oitava posição no ranking de vendas de Mustela em todo o mundo. Os três maiores mercados hoje são França, Estados Unidos e Itália.

Gerente-geral da Expansciene no Brasil, Wellington Santos (foto) diz que no Brasil, uma das prioridades do negócio é a expansão. "Hoje, estamos em cerca de oito mil PDV's, principalmente em redes de farmácia", conta o executivo. Embora o foco da companhia continue sendo o canal farma, Wellington chama a atenção para uma estratégia para crescer no e-commerce, tanto nos grandes portais como Amazon e Beleza na Web, quanto nos e-commerces das grandes redes de farmácias como Drogaria São Paulo e Droga Raia.

Mudando a percepção
Antes de ter operação própria no Brasil, a Mustela chegava no País por meio de um distribuidor. E o posicionamento de preços salgado adotado na época ainda reflete na percepção da imagem da marca hoje. "Temos vindo descontruindo essa imagem ao longo do tempo e trabalhado para dar mais acesso aos nossos produtos para mais consumidores", explica o gerente-geral da Expanscience, que diz que hoje, o posicionamento de preço da marca no Brasil é, na média, entre 10% e 15% acima das marcas massivas.  Mas, com todos os testes clínicos tendo com foco a pele do bebê e a sua segurança.

Bons exemplos desse trabalho de posicionar a Mustela como sendo uma marca acessível podem ser enxergados nos mais novos lançamentos da empresa no País. Tanto o Cicastela, um creme hidratante reparador; quanto o Gel de Higiene para Áreas Delicadas, um sabonete íntimo líquido para bebês e crianças, tem preço sugerido de R$ 55,00.

O Cicastela é formulado com 91% de ingredientes naturais e indicado para aplicação em pequenas em áreas irritadas, ressecadas ou avermelhadas em casos como os de dermatite perioral, pequenos arranhões, picadas e queimaduras. A formulação conta com a Perseose de Abacate, um ingrediente patenteado pela Expanscience que ajuda a preservar a riqueza celular e proteger a barreira cutânea. O ácido hialurônico também está no rol de ingredientes do novo produto. Segundo estudos clínicos realizados pela marca, o produto promove a reparação de lesões em 100% dos casos, melhora a vermelhidação em 96% e o ressecamento em 97%.

Formulado com 97% de ingredientes naturais, o Gel de Higiene para Áreas Delicadas é um produto de higiene íntima para os pequenos que pode ser usado durante o banho, inclusive no período de desfralde. Formulado com Sydent, detergente sintético que limpa a pele como sabão mas sem o mesmo grau de agressividade contra a pele o Gel de Higiene também conta com a Perseose de Abacate na fórmula, além das propriedades calmantes da Aloe Vera.

Itens sob medida
Em relação à "tropicalização" das fórmulas, movimento importante para o crescimento do mercado de dermocosméticos bo Brasil, Wellington disse não enxergar a necessidade de algo parecido com as fórmulas da Mustela oferecidas no mercado brasileiro. Entretanto, o executivo vê espaço para o lançamento de produtos específicos, que atendam as necessidades locais do mercado brasileiro. "Não temos um condicionador na nossa linha global, mas esse é um item importante para as mães brasileiras. Então, porque não termos um produto como uma fórmula nacional?", questiona. O mesmo vale para o repelente de mosquitos, outro produto que não está disponível no portfólio da empresa, mas que faria sentido para a marca aqui no País.

Ainda neste ano, além das duas novidades, a Mustela ainda deve fazer o relançamento de uma de suas linhas e apresentar um novo produto ao mercado.

Com novos lançamentos, Mustela expande sua posição no mercado brasileiro
}

Comentários ()