Nova legislação de segurança para cosméticos da União Europeia já está valendo

A nova legislação que define as regras de segurança para produtos cosméticos na União Europeia entrou em vigor ontem, dia 11 de julho de 2013. A nova regulamentação inclui mudanças que afetam a rotulagem e os requisitos de segurança para embalagens de produtos de higiene e beleza. O novo regulamento substitui a atual Diretiva para o setor e suas 67 emendas.

A nova legislação é considerada lei e será adotada por todos os países membro da UE. Trata-se de um ponto positivo para a indústria, que agora não precisarão cumprir regulamentos diferentes para cada país do bloco.
 
O objetivo da nova lei é de ajudar a melhor informar os consumidores sobre os ingredientes em formulações de produtos de beleza. A UE vai impor as mudanças rigorosamente, fazendo as empresas de beleza muito mais responsáveis pelas informações divulgadas. Uma das principais alterações de rotulagem de cosméticos inclui uma lista obrigatória de "pessoas responsáveis​​", e suas informações de contato. Estes indivíduos devem garantir a conformidade do produto e manter arquivos com avaliações de segurança sempre atualizados.
 
Há também orientações mais precisas agora para outros detalhes - como a forma de usar a palavra "nano" nos rótulos, e como ele deve ser escrito, quando "nanopartículas" são usadas ​​em um produto para a pele, por exemplo.
 
Além disso, a aplicação plena de uma proibição a experimentação animal será um objetivo importante para a Comissão da UE no futuro. Proibindo a importação e venda de cosméticos e ingredientes testados em animais, a UE espera ampliar a abrangência do seu programa, queentrou em vigor em 11 de março de 2013, mas não está sendo aplicada para empresas de beleza que testam seus produtos em animais em outros países fora da região.
}

Comentários ()