Parte da história

Parte da história

Fundada em 1870, a botica Granado Pharmácias é tema da mostra “Design e indústria - a história da tradicional botica Granado”. Inaugurada no último dia 05 de março, a exposição do Museu da Casa Brasileira (MCB), na capital paulista, apresenta o histórico dos principais acontecimentos dos 152 anos da empresa. A curadoria é das historiadoras Ana Maria Pereira de Almeida e Jacqueline de Araujo.

O público poderá conhecer mais de 250 peças que fazem parte do acervo da Granado e ainda entender o desenvolvimento da indústria e da publicidade da marca no contexto da cidade do Rio de Janeiro. O passeio começa pela origem da Granado, com seus rótulos, embalagens e impressos de diferentes épocas. O visitante é convidado a fazer uma viagem no tempo por meio de produtos icônicos, registros de clientes ilustres, condecorações nacionais e internacionais. Ao final, poderá conhecer a produção e desenvolvimento dos produtos e visitar uma sala interativa sobre o universo da perfumaria.

“Granado participou de várias fases da história do país. É muito bom poder comemorar esse momento dividindo a riqueza do nosso acervo com o público”, diz Sissi Freeman, diretora de Marketing da Granado | Phebo. 

A botica Granado Pharmácias foi fundada pelo português José Antonio Coxito Granado, que conquistou a família real com a manipulação de extrato de plantas e ervas cultivadas em seu sítio Granado. Tanto que Dom Pedro ll, condecorou a botica com o título de Pharmácia Oficial da Família Imperial Brasileira. A unidade original da botica no Rio de Janeiro, na antiga Rua Direita – atual Rua Primeiro de Março –, na época a mais movimentada da cidade, continua de portas abertas no mesmo lugar.

}

Comentários ()