Vult Cosmética é comprada pelo Grupo Boticário

Vult Cosmética é comprada pelo Grupo Boticário
Em um anúncio que surpreendeu o mercado de beleza brasileiro, o Grupo Boticário realizou a compra da Vult Cosmética, empresa que está há 14 anos no mercado e que é a principal responsável por construir a categoria de Maquiagem no varejo brasileiro na última década. 

Os valores da transação ainda não foram divulgados, mas o Grupo acredita que o negócio aumentará o seu alcance dentro do mercado de beleza brasileiro. "A chegada da Vult complementa o nosso portfólio e fortalece o nosso negócio, que é multimarca e multicanal", disse, em nota, Artur Grynbaum, presidente do Grupo Boticário.

Trata-se da segunda aquisição realizada pelo Grupo, que em 2013 comprou 60% da distribuidora e importadora Frajo, adquirindo os 100% do controle em 2016 e que deu origem à estrutura atual da Multi B. Dentro das unidades de negócio da empresa, quem apresenta melhor sinergia com a Vult em termos de posicionamento é justamente a Multi B, criada em agosto de 2017 para atender ao varejo multimarcas.

Já a Vult há algum tempo vinha sendo uma empresa bastante cobiçada no mercado, por conta do patamar de estrutura que atingiu, bem como sua atuação de destaque na categoria. Por diversas vezes, foram ventilados boatos de que a empresa estava sendo comprada pela L'Oréal, o que nunca se confirmou. "A nossa união a uma empresa referência e de sucesso como o Grupo Boticário fortalece a marca. Seguiremos na empresa para alavancar nosso crescimento nos próximos anos", afirmaram, também em nota, os fundadores da Vult Daniela Cruz e Murilo Reggiani (FOTO, recebendo o troféu de "Empresa do Ano" do Prêmio Atualidade Cosmética de 2016).

A Cálamo Distribuidora de Produtos de Beleza SA, holding operacional que concentra a distribuição dos produtos do Grupo Boticário, fechou o ano de 2016 com receita líquida consolidada de R$ 3.697 bilhões.

Inicialmente, os negócios seguem sendo tocados de maneira independente. E a conclusão da compra está sujeita à aprovação das autoridades brasileiras de defesa da concorrência.

Compartilhe

Comentários ()

© 2012 • Cosmética News. Todos os Direitos Reservados • Desenvolvido por Index Software

Voltar ao topo