Mãos na taça

Mãos na taça

Mesmo num ano atípico, o Prêmio Atualidade Cosmética reconheceu os profissionais do mercado de beleza no brasil pelos seus esforços em oferecer o melhor para os consumidores

Um evento realizado de forma online, mas que manteve a tradição de reconhecer talentos e surpreender o mercado ao premiar tanto marcas novas com as já consagradas pelas inovações e a qualidade dos seus produtos lançados em meio ao período mais triste e conturbado em muitas gerações. Foi nesse espírito que aconteceu a cerimônia para anúncio dos vencedores do 28º Prêmio Atualidade Cosmética, transmitida no último dia 23 de fevereiro para todo o mercado. No evento foram anunciados as empresas e produtos vencedores em 15 diferentes categorias.

Empresas jovens se destacam na premiação

Os prêmios das primeiras categorias de produtos foram entregues aos vencedores dos Troféus Atualidade Cosmética/Cramer, começando pela categoria de Banho e Higiene, vencida pelo produto BE. Espuma Natural de Limpeza, da NVAA, uma jovem empresa que tem como foco produtos para a higiene íntima das mulheres. “Se hoje podemos comemorar um prêmio por uma linha que fala de higiene íntima feminina que fala de menopausa, de menstruação, é graças a gerações de mulheres que vieram antes da gente e gostaria de dedicar esse prêmio a todas elas”, disse uma das três fundadoras da NVAA, Fabiane Girart. Ela destacou a importância do Prêmio Atualidade Cosmética. “O prêmio é uma vitrine muito importante para as marcas novas e para toda a indústria”, apontou em seu discurso.

Outra marca jovem, a Male Lab, ficou com o Troféu Atualidade Cosmética/Cramer na categoria de Beleza e Higiene Masculina pelo Sérum Botânico. “Fico honrado com essa premiação. (Atualidade Cosmética) É um veiculo que respeito muito, sei do gabarito do júri. E uma chancela para um trabalho que desenvolvemos com muito amor e afinco mesmo”, diz o empresário Alexandre Becker, que fundou a companhia há dois anos e meio.

Já na categoria Inovação em Produto de Maquiagem, a novata da vez foi a mineira Make More, que levou a estatueta com o Tato Corretivo de Alta Performance. “Ser finalista do Prêmio Atualidade Cosmética, foi para nós, motivo de muita alegria. E estar aqui hoje, recebendo um prêmio de inovação, é para nós motivo de muita gratidão”, disse a sócia da Make More, Juliana Di Masi.

Esforços consolidados

Embora o número de jovens empresas premiadas na edição deste ano tenha sido maior do que a média, nomes tradicionais do mercado também marcaram presença na festa, caso da Amned, que venceu o Troféu Atualidade Cosmética/Cramer na disputada categoria de Higiene e Beleza Capilar, com a linha Amend Botanic Beauty. “Tinhámos um desafio muito grande, lançada pelo nosso presidente André Cintra, para desenvolver uma linha com um material das embalagens que fosse diferente do que já existia no mercado. Desenvolvemos uma solução com PE verde e alguns aditivos. Também temos fórmulas com até 97% de ingredientes naturais entregando performance, o que é mais importante”, explicou a gerente de Marketing da empresa Lucimar Brum.

Em linha/coleção de maquiagem, a vitória foi da Dailus, que levou para casa o “Oscar” do mercado de beleza graças a sua coleção Tie Dailus. “Essa coleção representa o que buscamos fazer de melhor todos os dias: enxergar uma gtrande tendência, como foi o tie die, e traduzí-la para as consumidoras de um jeito divertido, diferente, mostrando que a maquiagem colorida por ser sim usual e um produto comercial de sucesso”, comemorou a diretora de Marketing da empresa, Carolina Bertelli.

Uma das maiores empresas de dermocosméticos do mundo, a Pierre Fabre, levou a estatueta da categoria Tratamento Facial com o produto A-Oxitive Noite, da marca Avène, desenvolvido globalmente pelo laboratório, mas olhando muito para a demanda da consumidora brasileira. “Receber esse prêmio mostra que estamos no caminho certo, entendendo o mercado e desenvolvendo produtos para atender as necessidades das consumidoras”, contou Flavianne Baptista, diretora de Marketing do Grupo Pierre Fabre.

Nas categorias de perfumaria latino-americana, os prêmios também foram para nomes tradicionais e consolidados do mercado, mas que vêem, cada um a sua maneira, se reposicionando e modernizando o seu posicionamento, caso da centenária Perfumaria Phebo, que venceu pela primeira vez o Prêmio Atualidade Cosmética com a fragrância Metrópole. “É uma surpresa muito grande e também uma honra poder ganhar num ano tão importante como 2020, ano em que a marca comemorou 90 anos. Quero parabenizar toda a equipe de desenvolvimento de Phebo que pensou neste produto desde o começo”, disse Sissi Freeman, VP da Granado/Phebo.

Já o troféu de perfumaria latino-americana feminina foi para a Água de Cheiro, uma marca que já soma algumas estatuetas em sua história, e que volta ao palco do Prêmio Atualidade Cosmética depois de vários anos, consolidando um processo de rejuvenescimento e reconquista de relevância da marca no mercado. “O projeto Selfie nasceu de uma necessidade e um desejo de tornar a Água de Cheiro novamente relevante para o público jovem. Então pensamos em criar um conceito inovador, descolado  e uma fragrância que fosse campeã. Todo o nosso time foi muito feliz no resultado desse projeto que hoje, tem a cara da Água de Cheiro”, explicou Olindo Caverzan Junior, diretor da Água de Cheiro.

Os prêmios de perfumaria internacional foram para o masculino Le Beau, de Jean Paul Gautier, marca que foi recentemente incorporada ao portfólio da Puig. “Este prêmio e os resultados da marca nos enchem de orgulho”, afirmou Fernanda Pereira, diretora de Marketing da Puig. Na categoria feminina, o troféu foi para Burberry Her Intense, parte do portfólio da Coty e que até 2020 era representada no Brasil pela Vizcaya.

Os Troféus Aparício Basilio da Silva de Criação Perfumística Latino-Americana, nas versões masculina e feminina, ficaram com a casa de fragrâncias alemã Symrise. A primeira criação premiada foi a masculina Egeo Spicy Vibe, para O Boticário, assinada pelos perfumistas Isaac Sinclair e Maurice Roucel. “Estou super feliz de ter a oportunidade de estar aqui. Gostaria de agradecer muito ao Boticário por esse trabalho muito bacana que realizamos juntos”, disse Isaac Sinclair. Já o troféu da versão feminina foi para Beijo de Humor, uma criação do perfumista Carlos Vinals em parceria com a perfumista da Natura , Veronica Kato.

EMPRESA DO ANO – NATURA: Num ano em que a transformação digital deu a tônica, a gigante brasileira já estava alguns passos na frente por ter iniciado o processo para a digitalização das suas redes e cadeias de negócios há quase dez anos, o que fez com que ela fosse a empresa mais preparada do mercado pra responder ao novo ambiente de negócios. Isso lhe rendeu ganhos de market share e resultados financeiros incríveis dadas as circunstâncias. "Em nome de toda a rede que compõe a Natura gostaria de agradecer o reconhecimento como empresa do ano do 28º Prêmio Atualidade Cosmética", disse em seu agradecimento o VP de Negócios da Natura Brasil, Erasmo Toledo. "Apesar de tantos desafios, tenho certeza que sairemos mais fortes e resilientes", disse ele, pontuando também que os consumidores, após tudo o que está acontecendo, irão buscar cada vez mais pela beleza que esteja alinhada com seus propósitos”, emendou o executivo.

EMPRESA REVELAÇÃO – TRUSS COSMETICS: A companhia do São José do Rio Preto (SP) construiu toda sua história trabalhando junto ao canal profissional e aos cabeleireiros. Agora, a empresa começa a avançar para o varejo especializado em beleza, como aliás tem sido a tônica para as principais empresas do canal profissional. E vem fazendo isso de forma consistente, com foco nas principais redes do canal, investindo na construção da marca junto ao público final especialmente nesses pontos de venda e constrolando a expansão para não minar os negócios de seus parceiros tradicionais.

Ponto de Venda Especializado – Soneda: A rede da família Kamachi, que já soma mais de 30 lojas no estado de São Paulo é jovem em sua atual configuração, mas vem consolidando seu posicionamento com a atualização do projeto arquitetônico de suas lojas e inaugurando pontos em locais emblemáticos de São Paulo, que permitem à bandeira acessar um novo perfil de público. No ano passado a empresa consolidou a sua governança, passando a operar como uma única companhia.”Estamos muito felizes porque é um reconhecimento muito importante, a Soneda só tem  dois anos e meio e é um indicador de que estamos no caminho certo. Trabalhamos para tentar puxar o padrão de qualidade das nossas lojas. Antes, entendíamos que era só preço ou atendimento, agora entendemos que o preço não pode ser diferencial, mas sim o atendimento e o ambiente”, comentou Minoru Kamachi, CEO da rede.

Mãos na taça
}

Comentários ()

Vídeo em Destaque

VEJA TODOS OS VÍDEOS

Blogs

Tags