Soneda inaugura loja com conceito Clean Beauty em São Paulo

Soneda inaugura loja com conceito Clean Beauty em São Paulo

Chamada de Soneda A Casa da Beleza, primeira flagship da rede, fica na Avenida Paulista, bem ao lado da sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Realizando um sonho antigo dos seus proprietários, a rede de perfumarias Soneda inaugurou a sua primeira loja na Avenida Paulista, na capital de São Paulo. E não é uma loja qualquer. Trata-se de uma unidade com um conceito completamente inédito, uma loja especial que, segundo Minoru Kamachi, CEO da rede, é um presente da família para a cidade. O novo empreendimento tem 1.800 metros quadrados, sendo 1,4 mil deles de loja e outros 400 de jardins. A Daiso, também estará presente no espaço, ocuoando uma área de cerca de 200 metros quadrados do subsolo do estabelecimento, onde fica também o Jardim Japonês, o Mural da Beleza e uma unidade do restaurante Nakamise Ya. 

A loja é a mais experiencial de todas as unidades da Soneda, que divide suas lojas em três grandes grupos: lojas de experiência (unidades maiores e pensadas para uma consumidora que vai dedicar mais tempo ao ritual de experimentação e compras), lojas de eficiência (menores e mais focadas em um público que está de passagem), além de um conjunto de lojas híbridas, como a tradicional loja da rede em Santana e algumas unidades em shoppings centers. Na Soneda Paulista, marcas como Wella, L'Oréal Profissionel, Vult e Anna Hickmann - que lançou a sua linha de produtos para os cabelos junto com a inauguração da loja, no último dia 18/4, terão espaços exclusivos para gerar exposição e oferecer experiências aos consumidores da loja. O mix da nova unidade é de cerca de 15 mil SKUs, três mil a mais do que a média das lojas da bandeira.

Com a nova unidade, a Soneda chega a 40 lojas. Ainda neste ano, já estão programadas mais duas iniaugurações, nos shoppings Taboão e Campo Limpo. “Estamos com nossos radares ligados e aproveitando oportunidades, sempre de olho nas áreas com mais de 600 metros quadrados. Queremos nos tornar âncoras da beleza nesse segmento, levando a experiência da rua para os shoppings”, diz Minoru. Hoje, ela já está nos shoppings Parque Maia, Internacional e Bonsucesso, em Guarulhos, Golden Square em São Bernardo do Campo, Metrô Itaquera e Light, em São Paulo.

Espaço Clean Beauty
Mas, a grande inovação dessa unidade é um espaço exclusivo dedicado as marcas Clean Beauty, no segundo andar da loja. "Se a gente pega uma marca com esse conceito e coloca ela no meio da loja, ao lado dos outros produtos, ela não é entendida, acaba sendo percebida como uma marca cara e fica meio desconexa. Entendemos que era preciso criar um espaço e agrupar um conjunto de marcas em um mesmo local, para dar força a esse movimento. O esforço da pesquisa e a evolução do mercado de clean beauty precisam de uma atenção especial no varejo, além de orientação voltada ao negócio. E foi o que fizemos", explica Minoru. No total, além de marcas tradicionais do segmento, como Weleda, WeDo (Wella) e Aveda (Estée Lauder), foram incorporadas 10 marcas independentes locais para compor o espaço Clean Beauty, além de um bar no qual serão preparados drinks com conceitos de beleza. O espaço Clean Beauty representa uma parceria entre a perfumaria e o Grupo Laces, uma das primeiras empresas a apostar na categoria clean beauty, principalmente na categoria capilar, na qual o grupo opera a rede de salões de beleza Bioma, que tem uma unidade junto do espaço Clean Beauty na Soneda.

Mais do que um espaço de vendas, o que foi montado ali é um Hub de Aceleração Clean Beauty. A iniciativa, como argumenta Daniel Kamachi, diretor Comercial da Soneda, visa revelar novas marcas e produtos para o mercado, especialmente PMEs. “Esse mercado de clean beauty é fomentado em grande parte por pequenas companhias, que normalmente não têm contexto e estratégia para ganhar espaço no varejo. A maioria é de pequenas empresas, que têm boas ideias, mas não conseguem escalar seus produtos por falta de orientação e entendimento. Queremos ajudá-las a se estruturar melhor, dar visibilidade aos seus negócios”, explica. Uma das exigências às empresas participantes é que 80% na elaboração de seus produtos sejam de materiais naturais. Haverá todo um trabalho de mentoria, com acompanhamento do Sebrae, com as pequenas empresas por pelo menos seis meses. “O nosso objetivo é ajudar as marcas a ‘varejar’, auxiliando-as a construir capital de giro e fomentar negócios”, afirma o executivo comercial. A proposta da Soneda é que elas fiquem um semestre na incubadora e aquelas que se destacarem ganharão o apoio para ganhar escalabilidade no varejo. A começar pela introdução dos produtos da marca na megaloja da Paulista e posteriormente para toda a rede. “As pequenas serão ajudadas por condições comerciais especiais que criamos. Não haverá exclusividade para a Soneda, a marca poderá fomentar negócios com outras redes, mas exigiremos apenas que os preços sejam controlados no mercado”, destaca Daniel.

O mercado mundial de clean beauty é crescente e até 2024 deve ter o tamanho de US$ 22 bilhões, de acordo com a consultoria Statista. 

}

Comentários ()