Takasago e Amyris vão iniciar a comercialização de novas moléculas para fragrâncias

A casa de fragrâncias japonesa Takasago, e a empresa norte-americana de biotecnologia Amyris, vão dar início a próxima fase do plano conjunto para comercializar novas moléculas de fragrâncias criadas com o farneseno, um ingrediente da Amrys produzido através da fermentação de açúcares pela levedura. A parceria entre as duas empresas teve início no final de 2012 com estudos de viabilidade para avaliar as oportunidades de transformar o farneseno em uma gama de ingredientes utilizados em perfumaria.

Após ter completado com sucesso os testes de viabilidade, a Takasago concordou em avançar com a comercialização das moléculas, com a compra de um primeiro lote comercial neste trimestre. Os novos ingredientes devem ser introduzidos no mercado em 2015. Para Masayuki Mita, vice-presidente sênior da fragrância e químicos aromáticos da Takasago, esses novos produtos vão atender a demanda dos clientes por ingredientes que possam substituir outros que estão sendo eliminados pela nova regulamentação e serão alguns dos mais recentes e mais valiosos ingredientes utilizados em perfumaria na paleta de Takasago."O uso de farneseno renovável da Amyris apoia o objetivo da Takasago, de utilizar materiais inovadores e de forma sustentável de origem de baixo custo para fazer produtos que impactam a vida diária dos nossos clientes", diz o executivo.

"A forte competência científica e industrial da Takasago está ampliando o leque de novas fragrâncias possibilitadas com o uso da nossa tecnologia inovadora. Estamos ansiosos para a comercialização desses produtos e para a expansão do portfólio de produtos proporcionados pelas nossa moléculas de base. Os novos ingredientes utilizados na perfumaria devem ajudar o nosso parceiro de ampliar o impacto de seus produtos sobre a diversidade de formulações de fragrâncias que os perfumistas podem alcançar ", disse Zanna McFerson, diretor de negócios na Amyris.


 
}

Comentários ()